Junior Mascote

Sandro Régis critica Rui por violência na Bahia e sugere criação de "troféu óleo de peroba" para entregar ao governador

14/9 Sandro Régis critica Rui por violência na Bahia e sugere criação de

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou nesta terça-feira (14) o governador Rui Costa (PT) pelos elevados índices de violência no estado e sugeriu, de forma irônica, a criação do "troféu óleo de peroba" para entregar ao petista. Em discurso no plenário da Casa, Régis acusou Rui de transferir sua responsabilidade na segurança pública para outros entes.

"Quero fazer uma indicação para criar o troféu óleo de peroba e já indicar o governador Rui Costa para ser agraciado. O estado derretendo em sangue, com elevados índices de criminalidade, liderando o ranking homicídios, recordista em mortes, e governador faz discurso de cara de paisagem dizendo que o problema não é do estado, mas da Justiça, de outros poderes. Enquanto o governador não tratar a Bahia com seriedade, enquanto o PT não encarar os seus problemas, nosso estado continuará sendo um derramamento de sangue", disse.

Régis lembrou das duas recentes mortes de policiais militares. O pai de um deles, indignado, disse em entrevista a uma emissora de TV que a responsabilidade era do estado. "Muito bem disse o pai do tenente. Governador, não adianta se isentar de sua responsabilidade, transferir para a Justiça, para outros poderes. Os baianos o elegeram para vossa excelência cuidar das nossas vidas, para nos liderar, e não para tirar os problemas do seu colo e transferir para outro", afirmou.

O líder da Oposição ainda recordou que a Bahia é o estado mais violento do país, ao lado do Ceará. "A Polícia Militar e a Polícia Civil respondem ao seu gabinete, diretamente ao seu comando. A Bahia hoje é líder em homicídio, estado mais violento do Brasil, porque o governo não tem planejamento. Mais violento que Pernambuco, só perdemos para o Ceará, onde também o PT está. Essa é marca do PT, a violência. A Polícia não tem estrutura para o enfrentamento. A Polícia já entra no embate perdendo", criticou.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha


GONZAGA DE LIMA Quarta-Feira, 15/09 às 11:09
INTERNAUTAS: Queremos saber, quando a Ponte anexa á Teodoro Sampaio vai ser inaugurada, Será que é nas eleições como sempre!. Já basta ter construído em um lugar desadequado. Pena que os políticos e o povo em geral, ficaram calados e aceitaram ser do jeito que o governo quis. A cidade continuará medíocre e sem crescimento. A ponte de Ilhéus, foi um Projeto de arrojo e desenvolvimento na cidade, enquanto em Jequié, aceitamos o óbvio, sempre seremos uma cidade tupiniquim.