Junior Mascote

Patrimônio histórico de Jequié, Ponte de Newton foi abandonada pela Prefeitura

01/12 Patrimônio histórico de Jequié, Ponte de Newton foi abandonada pela Prefeitura

A Ponte de Newton, sobre a Avenida Cesar Borges, foi parcialmente interditada pela Prefeitura de Jequié, em janeiro de 2019, há quase dois anos e nada, absolutamente nada foi feito. A Prefeita de Jequié ordenou a colocação de duas montanhas de cascalhos nas extremidades da ponde para evitar o tráfego de veículos, pouco adiantou, por que os veículos continuam passando. Os usuários da Avenida dos Operários disseram ao BJM que não aguentam mais essa situação e exigem a reforma da ponte histórica de Newton. Na época o secretário de infraestrutura, Daniel Muniz, disse que a ponte está com problemas estruturais e foi preciso fazer uma obstrução com cascalho em ambas as cabeceiras e que um engenheiro calculista, do estado, iria realizar uma avaliação estrutural para depois começar a reforma.

HISTÓRIA

Essa ponte foi construída na década de 20 para servir a Estrada de Ferro de Nazaré, a ferrovia cortava todo ao vale do Jequiriçá, tendo mais de 280 km de extensão, naquela época serviu para o desenvolvimento desta região. A estrada de ferro terminava em Jequié, aonde hoje funciona o Corpo de Bombeiros era a estação ferroviária. O objetivo do governo do estado era expandir a linha para o baixo sul, ergueram a ponte de Newton e não chegou a ser utilizada, por que em 1970 a linha foi totalmente desativa. Em frete ao Tiro de Guerra existe uma mansão que morava o açougueiro Newton Britto, por isso que o monumento leva esse nome.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha


TV Mascote