Junior Mascote

Os cooperados da Ativacoop passando fome. Pais de famílias 3 messes sem dinheiro.

28/10 Os cooperados da Ativacoop passando fome. Pais de famílias 3 messes sem dinheiro.

No dia 23 de setembro de 2020 o Prefeito Hassan emitiu nota informando: “A Prefeitura de Jequié, em respeito aos munícipes e funcionários da ATIVACOOP, reafirmando seu compromisso irrenunciável com a transparência, vem informar o que segue: Como é de conhecimento público, o chefe do executivo municipal sofreu alteração por força de Decisão Judicial prolatada pelo Tribunal Regional Federal, exarada nos autos da ação de nº 1020467-17.2020.4.01.0000. Tal Decisão determinou a suspensão cautelar do exercício da função pública do prefeito, por 60 dias, tendo o Vice-Prefeito, Hassan Iossef, assumido a gestão do executivo no dia 15 de setembro de 2020. No momento em que o prefeito interino assumiu o cargo, verificou-se que contrato entre município e ATIVACOOP já havia se encerrado desde o dia 13 de setembro de 2020. Ou seja, nem sequer houve uma decisão do prefeito interino acerca da continuidade ou não do vínculo, visto que o fim do contrato impedia qualquer espécie de prolongamento ou aditivo. Desta forma a única possibilidade era buscar alternativas, em regime de urgência, para que fosse suprida a mão de obra eventualmente perdida, garantindo a continuidade da oferta dos serviços essenciais. É importante salientar que todas as medidas jurídicas e administrativas estão sendo tomadas para que sejam garantidos os direitos dos trabalhadores pelos serviços prestados, bem como todo o zelo e atenção aos princípios que devem reger a administração pública estão sendo empregados na busca pela mais rápida e eficaz em solução para este fato. Jequié, 23 de setembro de 2020 Hassan Iossef, Prefeito interino de Jequié." Passados mais de trinta dias, e depois de um processo emergencial polêmico em que após concluído com preço muito inferior ao orçado pelo município houve o cancelamento da licitação, os trabalhadores da ativacoop continuam sem receber os seus salários. Chama ainda a atenção o fato de que, segundo o site ipmbrasil, referente ao município de Jequié, o município, mesmo após a declaração de ilegalidade da relação mantida com a Ativacoop, liquidou no período de 24 de setembro a 13 de outubro a quantia de R$481.796,06, mas nada foi pago aos trabalhadores.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha


TV Mascote