Junior Mascote

Frascos de vacina contra Covid-19 têm quantidade menor de doses em Brejões e mais 31 cidades da Bahia.

13/4 Frascos de vacina contra Covid-19 têm quantidade menor de doses em Brejões e mais 31 cidades da Bahia.

Frascos de vacinas CoronaVac e Astrazeneca com quantidades menores de imunizante que as descritas na embalagem foram identificados ao menos em Brejões e mais 31 municípios da Bahia. A situação foi notificada à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

De acordo com a Sesab, 98 notificações de suspeita de queixa técnica por dose (volume) menor que o declarado no rótulo das vacinas para Covid-19 de cidades baianas foram lançadas no Notivisa, entre 2 de fevereiro e 10 de abril deste ano.

Ainda de acordo com o órgão estadual de Saúde, das notificações, 86 (87,8%) são relativas as vacinas Coronavac e 12 (12,2%) a vacina Oxford/Astrazeneca.

Conforme a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Coronavac está autorizada em frascos de 10 doses de 0,5ml. Já a vacina da Fiocruz e também da Astrazeneca estão autorizadas em frascos de cinco doses de 0,5ml.

A Secretaria de Saúde da Bahia detalhou que 84 das 98 notificações já estão em processo de investigação.

Além de Brejões, o registro de frascos com menor rendimento aconteceu nas cidades baianas de Salvador, Iramaia, Conceição do Almeida, Umburunas, Malhadas de Pedras, Mucugê, Nazaré, Buerarema, Presidente Jânio Quadros, Chorrochó, Várzea do Poço, Amargosa, Baianópolis, Governador Mangabeira, Milagres, Cordeiro, Caetanos, Tabocas do Brejo Velho, Ibitiara, Madre de Deus, Araci, Serrinha, Aratuípe, Morro do Chapéu, Teofilândia, Conceição da Feira,Heliópolis e Piraí do Norte. Reportagem: Jair Medrado.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha


TV Mascote