Junior Mascote

Barra do Rocha: polícia investiga criminoso que aplicava golpes cibernéticos na ex esposa

10/6 Barra do Rocha: polícia investiga criminoso que aplicava golpes cibernéticos na ex esposa

Policiais civis da delegacia de Barra do Rocha, deflagraram na quarta-feira (09) a OPERAÇÃO MUÇURANA, que deu cumprimento a mandados de busca e apreensão em 3 (três) endereços no município e culminou com o indiciamento do autor delitos utilizando aparelho celular. Para cometer os crimes, o investigado fez uso de linhas telefônicas cadastradas em nomes de terceiros, que não tinham conhecimento que seus CPFs estavam sendo utilizados e, muito menos, que estavam sendo usados para cometer ilícitos. A vítima, A. S. B., registrou ocorrência policial juntamente com o investigado, que se fazia de vítima e era seu ex-marido, do qual tinha acabado de se separar. A ocorrência policial deu início às investigações, que conforme avançavam ficou patente que o suspeito não era vítima, mas sim autor dos delitos. Durante meses a verdadeira vítima sofreu tortura psicológica, recebendo de forma reiterada mensagens em seu celular com teor ofensivo, que foram desgastando sua autoestima e acabando com sua confiança em si mesma, transformando-a num punhado de dúvidas e medos. Durante as investigações, também foi descoberto que o suspeito exercia profissão sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício, incorrendo em delito. A subseção da OAB de Ipiaú acompanhou a busca em um dos endereços, onde funciona um suposto escritório de advocacia. Na deflagração da OPERAÇÃO MUÇURANA, a DT de Barra do Rocha contou com o apoio das equipes da DT/Jequié, DT/Ipiaú e SI 9a Coorpin, utilizando 17 (dezessete) policiais e 5 (cinco) viaturas. A POLÍCIA CIVIL alerta da necessidade de ter cautela antes de informarem dados pessoais a terceiros e reafirma que a internet não é terra sem lei e os cibercriminosos sofrerão as duras penas da lei.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha


TV Mascote