Junior Mascote

Assentados do MST disseram que o gado preso no curral estava destruindo as plantações

24/11 Assentados do MST disseram que o gado preso no curral estava destruindo as plantações

Representantes do Movimento Sem Terra concederam entrevista ao Programa Rota 89, na Jequié, com Junior Mascote, na manhã desta quarta-feira e deram uma outra versão para a confusão que aconteceu na terça-feira. Segundo informações, os integrantes do MST teriam prendido o gado de uma produtor rural alegando que há muito tempo essas vacas vem invadido as plantações do assentados, destruindo as lavouras. Cansados de tanta confusão eles decidiram prender as vacas como retaliação. Perguntada se houve disparo de arma de fogo e uma vaca baleada, a entrevistada disse não ter conhecimento e que ainda hoje (24) iriam devolver o gado. A reportagem do BJM procurou a delegacia de Itagi, mas até o momento nenhum queixa crime foi registrada sobre o ocorrido no dia de ontem.

o caso

Um grupo de pessoas do Movimento Sem Terra invadiram uma fazenda as margens do Rio das Contas, no povoado do Tamarindo, zona rural de Jequié. A Polícia Militar de Itagi foi acionada para conter os invasores na tarde desta terça-feira. Os sem terra teriam recolhido algumas vacas de um produtor rural e so entregariam o gado caso o dono desse um dos animais para ser abatido. Alguém chegou a atirar em uma das vacas e o clima ficou tenso. O dono dos animais está desesperado por que vem sofrendo ameaças.

Contador de Cliques



Deixe um comentário:



Captcha