No Centro do Mal, dois anúncios para um crime

Segunda-Feira, 08/01/18



Sob a proteção de uma corja de deputados sujos e porcos, o Presidente Michel Temer, o primeiro presidente da República a ser acusado pela Procuradoria Geral da República por Organização Criminosa, Corrupção Passiva e Obstrução de Justiça, escolheu para o Ministério do Trabalho a deputada Cristiane Brasil (primeiro anúncio); uma estúpida Comédia de Erros. E, para assombro de toda a nação, Michele Temer e seus deputados sujos e porcos (os deputados da Base Aliada e do Quadrilhão do PMDB) aplaudem o currículo sujo da nova Ministra do Trabalho, Cristiane Brasil. Em seu currículo há condenação por violar Lei Trabalhista. Os explorados por Cristiane Brasil (PTB) foram os motoristas Fernando Fernandes e Leonardo Eugêncio de Almeida Moreira. O mais estarrecedor de tudo é que a nova Ministra do Trabalho desafia o próprio Ministério do Trabalho, pois até hoje não cumpriu integralmente a decisão da Justiça do Trabalho. Doravante, os patrões exploradores terão a Ministra do Trabalho como modelo para a exploração de direitos trabalhistas de seus empregados. Na Câmara dos Deputados, a cadeira de Cristiane Brasil será ocupada pelo suplente de deputado Nelson Nahim (segunda denúncia). Nelson Nahim, que é filiado ao PSD-RJ, é um ex-presidiário; sobre os seus ombros pesa a macabra acusação de participar de uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes (pedofilia de alto grau). Para completar a degeneração total da decência na política brasileira, Nelson Nahim é irmão do ex-governador Antony Garotinho, uma figura bizarra do lixo e do esgoto da política carioca. Chegou a hora do melhor Carnaval do Brasil: cercar Brasília, o Centro do Mal, e tirar de lá todo o lixo do legislativo, do executivo e do judiciário.

Professor Jorge Barros.

Jorge Barros

Jorge Barros

Professor da UESB, poeta, ator e agitador cultural


Deixe um comentário:



Captcha