Vereador e deputados cobram do Governo do Estado verba para cobertura do Rio Jequiezinho

Hoje, 11/08/17

O vereador Ivan do Leite juntamente com o deputados Leur Júnior e o Deputado Federal Antônio Britto, que promovam esforços junto ao Governador do Estado, para implantarem uma cobertura com laje sobre o Rio Jequiezinho, no trecho compreendido entre as pontes Dr. Raimundo Cafezeiro (Av. Franz Gedeon), até o final da Avenida Cesar Borges, ( Próximo ao bairro Amaralina). O objetivo é obter o aproveitamento de ampla área sobre o leito do Rio Jequiezinho, que poderá ser destinada a implantação de um centro de abastecimento agrícola, bem como construção de extensa praça destinada a fixação de parque esportivo, jardins e estacionamento de veículos. “Sem qualquer dúvida, trata-se de arrojado empreendimento esperado pela população da cidade, e que em muito contribuirá para o desenvolvimento e progresso de Jequié,” disse Ivan do Leite.

Deixe um comentário:



Captcha


André berlink Sábado, 12/08 às 22:08

Em salvador no rio vermelho fizeram uma laje no canal e contruiram praças e bares encima?
» Responder

Marcos Ferreira Sábado, 12/08 às 17:08

A revitalização e conservação dos espaços urbanos é fundamental para promoção da qualidade de vida da comunidade. Por isso precisamos mobilizar TODOS pela revitalização do Rio Jequiezinho com transformação de suas margens num parque linear com infraestrutura de lazer, esporte e ciclovias.
» Responder

marciolino96@hotmail.com Sábado, 12/08 às 15:08

Projeto mau pensado sinceramente esta ideia de querer aparecer para o eleitor em pré campanha eleitoral para 2018,tem levado vereadores e deputados a uma enxorada de facoides e besteirol,um minimo que deveriam, fazer ai era por uma grade de meia altura de, fora a fora,e deixar como está.
» Responder

Neto Sábado, 12/08 às 13:08

MELHOR IDEIA QUE JÁ VI PARA JEQUIÉ. Parabéns!
» Responder

JOSÉ PAIVA DOS SANTOS Sábado, 12/08 às 13:08

CARÍSSIMOS INTERNAUTAS: Em atenção ao José! TEMOS CONSCIÊNCIA DA PRESERVAÇÃO. Acontece que este rio já acabou porque o filete de água que desce dos serrados que ficam acima do Poliduto,uma gama de fazendeiros, nestas localidades, cada um deles fazem suas barragens evitando o curso deste rio. E quando o mesmo corta a cidade; só estamos presenciando esgoto dentro do mesmo que por sinal quem reside naquela região reclamam do mau cheiro. Por isso sou a favor do Projeto de fechar esta grandiosa vala para trazer outros tipos de expansãoe criatividade urbana. (ESTA É A MINHA OPINIÃO!)
» Responder

José Hoje, 11/08 às 23:08

Projeto infeliz que vai contra tudo que se faz hoje nas cidades civilizadas. São Paulo, por exemplo, por muitos anos cobriu seus mananciais com lajes e hoje busca redescobrir os cursos d'água encobertos em nome do lazer e da qualidade de vida, até mesmo o riacho do Ipiranga, onde vossa majestade o imperador D. Pedro I declarou nossa independência, foi condenado a correr sob lajes. O que o rio do jequiezinho e o povo jequieese merece é a revitalização deste e dos outros rios e riachos que cortam o trecho urbano do município. Aí sim teríamos um incremento no lazer e na qualidade de vida. Acredito que os nossos nobres parlamentares deveriam consultar profissionais técnicos capacitados para fazer projetos eficientes e sustentáveis de urbanismo para a dar qualidade de vida aos munícipes. Gostaria de ouvir a opinião sobre este tema do colunista desse blog, o professor Jorge Barros.
» Responder

JOSÉ PAIVA DOS SANTOS Hoje, 11/08 às 17:08

CARÍSSIMOS INTERNAUTAS: É de uma importância impar, se o Deputado e o vereador conseguirem com o Governo do Estado, tal recurso para esta construção da cobertura do canal do Rio Jequiezinho. Vamos ficar aguardando a resposta desta solicitação de relevante importância para aquele setor de nossa cidade, que só trás mau cheiro e péssima representatividade estrutural do município.(ESTA É MINHA OPINIÃO!)

José Segunda-Feira, 14/08 às 05:08

Infeliz opinião inclusive. Se é uma vala é porque transformamos em uma, por isso mesmo é nossa obrigação, devolver a vitalidade ao rio. Meu avô pescava nesse rio, meu pai se banhava nas praias de areia branca do rio de contas, eu mesmo no alto dos meus 26 anos cheguei a conhecer as belas paragens no trecho urbano do rio de contas que infelizmente não existem mais. Não adianta encobrir o erro.
» Responder