SUPERA CÉREBRO SAUDÁVEL POR TODA SUA VIDA

Quinta-Feira, 13/09/18

O dia 21 de setembro é considerado Dia Mundial do Alzheimer, uma doença que – infelizmente – ainda não tem cura, porém é possível trabalhar em sua prevenção de diversas formas. Manter a mente ativa é uma delas. Por isso, durante todo o mês de setembro, o SUPERA - Ginástica para o Cérebro de JEQUIÉ, promove oficinas de memória gratuitas para pessoas de todas as idades. A ação visa incentivar a população a cuidar da saúde do cérebro e conscientizar acerca dos benefícios de exercitá-lo sempre. Ficar mentalmente afiado e enfrentar o declínio cognitivo natural relacionado ao envelhecimento está se tornando uma prioridade máxima, uma vez que a expectativa de vida está aumentando no mundo. A expectativa de vida aumentou, mas de nada adianta chegar aos 90 sem independência e saúde mental. Com cérebro ativo, é possível manter-se jovem, trabalhando, viajando, empreendendo e comemorando novas conquistas. A ginástica cerebral promove bem-estar, qualidade de vida e, principalmente, longevidade. MAS POR QUE “POR TODA A VIDA”? A neurociência já comprovou que o cérebro começa apresentar declínio do desempenho cognitivo antes mesmo dos 30 anos de idade, quando temos os primeiros lapsos de memória, dificuldades para se concentrar e lentidão de raciocínio. Um estudo realizado pela Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, concluiu que as habilidades cognitivas e as conexões neurais começam a sofrer uma queda a partir dos 25 anos de idade. A boa notícia é que o cérebro compensa parte do declínio cognitivo, baseando-se em experiências e conhecimentos adquiridos. Isso significa que seguir aprendendo coisas novas e “rechear a mente” com experiências e informações de qualidade e manter a mente ativa podem ajudar a compensar parte da perda cognitiva. Novidade, variedade e desafio crescente: é disso que o cérebro precisa para manter-se ativo e saudável e é exatamente esta a base da metodologia das aulas do SUPERA-Ginástica para o cérebro.

Deixe um comentário:



Captcha