Vereadores de Lagedo do Tabocal se reuniram com representantes da justiça

Quarta-Feira, 11/09/19

Na tarde desta quarta-feira, 11, um grupo de vereadores do município de Lagedo do Tabocal, juntamente com o presidente da Câmara Municipal, o vereador Joseilson de Almeida, marcou uma audiência com o promotor de Justiça, Lúcio Meira Mendes, no fórum da Comarca de Jaguaquara. A ida dos representantes do poder legislativo de Lagedo tem a ver com o projeto de Lei que destina 40% dos recursos do precatório da Educação, advindos do FUNDEF, daquele município, para obras de reformas das escolas municipais. O projeto foi encaminhado pelo Executivo, para apreciação e aprovação dos edis que, até o presente momento, vem mantendo o mesmo na geladeira da Câmara.

Em um áudio que vem circulando nos grupos de Whatsapp daquela cidade, uma voz que, supostamente, parece ser do vereador e presidente da Câmara, Joseilson de Almeida, diz que o movimento dos vereadores conta com um aliado que seria o promotor do Ministério Público, Lúcio Meira. O fato vem gerando bastante polêmica.

Enquanto isso, na cidade, os pais de alunos continuam sem entender o que, de fato, está acontecendo, uma vez que, se o projeto for aprovado, quem Tem a ganhar é a população que necessita das escolas reformadas, uma vez que essas unidades escolares sofreram severos desgastes nas estruturas, ao longo dos anos. As reformas também vão gerar muitos empregos temporários gerando renda e trabalho no município.

Deixe um comentário:



Captcha


Marcio Quinta-Feira, 12/09 às 05:09

A prefeita precisa alicar de forma correta o recurso,e para vereadores isso vai precisar da ajuda dos na discalização.O quw bão pode é todo mundo achar que é dono deste dinheiro.
» Responder