No “Programa Mais Médicos” da Esquerda Brasileira, quem diria, Bolsonaro, El Justiceiro!

Terça-Feira, 20/11/18

No “Programa Mais Médicos” da Esquerda Brasileira, quem diria, Bolsonaro, El Justiceiro!



Quem diria, Bolsonaro acabou no vale das sombras da justiça! No vale das sombras da justiça para justificar sua histórica, brilhante e espetacular vitória no dia 28 de outubro. Quem diria, logo Bolsonaro, que é tachado de Misógino, Homofóbico, Gayfóbico, Lesbifóbico, Transfóbico, Bissexfóbico, LGBTfóbico, Racista, Machista, Fascista, Taxista, Eletricista, Turista, Florista, Instrumentista, Humorista etc, deu Gude - Presa ( jogar pra escanteio) nos autores de um programa na área de saúde que, de socialista-humanitário, não tem nem rótulo nem verniz. Ainda tem mais: esse programa fraudulento, da forma que foi implementado, de caráter sério também nada tem; ele só serviu para enganar brasileiros carentes de um atendimento médico; só funcionou para enviar bilhões de reais ( recursos do Tesouro Nacional) para alimentar loucos sonhos, devaneio, delírios e alucinações dos ditadores cubanos, ávidos por implantar a ditadura assassina marxista-leninista-stalinista no Brasil. Implementado no desastrado e maldito governo de uma esquerda ainda mais desastrada e maldita que destruiu o Brasil por mais de uma década (você, eleitor, que é inteligente, já sabe a quem estou me referindo), o Mais Médico trouxe pouquíssimos benefícios para a população brasileira, para não dizer que não trouxe nenhum. Se você quer maiores detalhes sobre o fracasso desse programa, patrocinado pela esquerda bandida brasileira, vá ao Youtube, ao Google e a outras fontes das redes sociais. Nessas fontes constam os nomes de dos partidos e de seus líderes criminosos responsáveis por esse programa de pura doutrinação ideológica marxista-leninista-stalinista.

Sabe-se que não há bem que dure para sempre; sabe-se também que não há mal que nunca se acabe. E Bolsonaro, que ainda não se sentou na cadeira de presidente, já está abalando as estruturas acomodadas de um falso programa de atendimento médico, bem como denunciando, de forma estarrecedora, os crimes da esquerda brasileira corrupta, criminosa e aliada a ditadores vermelhos da América Latina e da América Central. Ele abalou as estruturas acomodadas só em dizer que o programa poderá continuar com as seguintes condições: o médico que participar do mesmo deverá receber o salário integral, ser- lhe - á concedido o direito de trazer sua família (esposa e filho/filhos) para o Brasil e deverá submeter - se ao exame de revalida ( prova de habilidades profissionais e de conhecimentos no campo da Medicina). Será que os esquerdistas alucinados chamarão Bolsonaro de fascista por ele defender o salário integral dos médicos cubanos? Será que os esquerdistas brasileiros e amantes dos ditadores vermelhos e assassinos da América Latina chamarão Bolsonaro de machista por defender as esposas dos médicos cubanos do Mais Médicos? Será que os derrotados nas eleições para presidente/2018 chamarão Bolsonaro de autoritário por defender o exame de revalida dos médicos cubanos, para que sejam testados conhecimentos básicos dos mesmos no campo da Medicina e habilidades profissionais? Aos que se dizem socialistas e amantes da ditadura do proletariado marxista – leninista – stalinista sanguinária e assassina, um aviso: Iremos até a última batalha (A Batalha do Armagedom) para que a nossa BANDEIRA jamais seja vermelha. Diante desses fatos, lamento não ter começado a campanha em defesa de Bolsonaro para presidente da república/2018 desde o dia 02 de janeiro de 2015. E que Bolsonaro comece a preparar o seu sucessor desde já! Na próxima coluna, mais lixo e crimes do programa Mais Médico da Maldita Esquerda Brasileira.

Professor Jorge Barros

Jorge Barros

Jorge Barros

Professor da UESB, poeta, ator e agitador cultural


Deixe um comentário:



Captcha


Lucas Santos Quarta-Feira, 21/11 às 10:11

Ou é canalha mal intencionado ou é ingênuo demais. Você nunca precisou ir no SUS, não tem propriedade pra falar. Você vive nas tetas do estado malvadao. Um parasita que a UESB não ver a hora de aposentar. Qual o legado de Jorge Barros? Qual projeto de extensão? Quantos alunos atualmente você é orientador? És um parasita que sem Voz na UESB paga para escrever( pessimamente) nesse blog de um analfabeto.
» Responder