Polícia Civil descobre abatedouro de clandestino de cavalos em Jequié, carne era vendida em açougues da região como bovina

Quarta-Feira, 04/12/19

A Polícia Civil juntamente com ADAB e Vigilância Sanitária descobriram um abatedouro clandestino de cavalos, em um sítio nas imediações do Distrito de Fazenda Velha, zona rural e Jequié. Segundo o delegado Ivan Lessa, a Polícia estava investigando o furto de animais da raça Manga Larga Machador, de um grande criador dessa raça em Jequié. Chegando no sítio foram encontrados restos mortais dos equinos e uma grande quantidade de carne de equinos cortada e acondicionada em uma frízer velho enferrujado. Para o delegado esse abate e venda de carne de cavalos em açougues da região de Jequié já vem acontecendo há mais de dois anos.

Todo o material apreendido foi incinerado pela ADAB. O Diretor da Vigilância Sanitária, Alberto, disse que a carne de cavalo quando transformada em charque fica difícil a identificação a olho nu, se cortada em pedaços pequenos e misturada a outras carnes fica difícil fazer a distinção. A carne de cavalo também pode transmitir várias doenças ao ser humano.

O açougueiro João Preto saiu em defesa da categoria e disse que no Mercadão Vicente Grilo não vende carne de cavalo e que esse produto pode estar sendo vendido em cidades da região. João Preto disse ainda que o jequieense pode continuar comprando carne no mercadão por que os açougueiros têm responsabilidade.


Deixe um comentário:



Captcha


Mentiroso vagabundo s Sexta-Feira, 06/12 às 16:12

Nojento
» Responder

Marcelo .... Quinta-Feira, 05/12 às 21:12

Até onde o ser humano é capaz de ir com tanta monstruosidade ?, mais é certo q ninguém compra carne sem saber a origem e se compram mais barato pq nn existe nota fiscal nem algo do tipo, desta forma os açougueiros tbm merecem ser identificados punidos, "mais a polícia se quer prende os criminosos pegos em flagrante, e quando prende ainda tem advogado pra soltar," tem direito de pagar afiança, e ainda dizem q o Brazil é um país democrata, mais a vdd é q o dinheiro fala mais alto e quem nn tem dinheiro ainda é "julgado, espancado e humilhado. "Infelizmente o Brazil é um país de hipócritas tenho vergonha desse país e fico revoltado com essa população de covardes, hipócritas, ladrões, e políticos corruptos...
» Responder

Porcelanato Quinta-Feira, 05/12 às 17:12

Ô roque santeiro, deixa te falar uma coisa, vc prefere atacar a polícia a falar do problema ocorrido, espero algum dia vc não precisar dessa polícia q vc chama de corruptos,
» Responder

Élia Quinta-Feira, 05/12 às 17:12

Pessoas que agem dessa forma, ñ tem caráter, cadeia é pouco para eles.
» Responder

Roque santeiro Quinta-Feira, 05/12 às 08:12

Onde estão os criminosos, pq não prenderam ou deixaram de prender, era gente grande? O certo deveria ter prendido os autores do crime e ter investigado pra saber quais eram os supermercados e açougues q vendiam. Não teve ninguém preso pq a policia é corrupta.
» Responder

Lidiana Quinta-Feira, 05/12 às 01:12

Malditos seres humanos.. Monstros.. Que ardam nos quintos dos infernos.
» Responder

Rosiane Palma Quarta-Feira, 04/12 às 23:12

O povo brinca com a saude das pessoas,lamentável este ocorrido
» Responder

Claumir Quarta-Feira, 04/12 às 21:12

Falta de Respeito com a populaçaõ cabra safado
» Responder

vani Quarta-Feira, 04/12 às 16:12

PRENDE LOGO ESSES VAGABUNDOS
» Responder

MOISÉS GALVÃO Quarta-Feira, 04/12 às 16:12

Uma vez aki onde moro teve um açougue ke vendia linguiça de cachorro.eu ate ja comi.vimos ke a linguiça espumava muito.depois falaram ke essa linguiça era de cachorro.affs.foi foda.
» Responder

Antonio Lourenço de Andrade Filho Quarta-Feira, 04/12 às 15:12

Sumiram dois animais da minha fazenda misteriosamente e até Hg não tivemos notícias. Gostaria de saber quem foram os autores
» Responder

Claudia leite de delicio Quarta-Feira, 04/12 às 12:12

Muito chato uma coisa dessas. Agora com o preço da carne em alta... Aí sim que a fiscalização tem que ficar atenta. Que dó dos cavalos....
» Responder

Valdirene juliao dos ssantos ntos Quarta-Feira, 04/12 às 11:12

Bom dia lendo a reportagem mas sempre que como carne seca me pergunto qual a procedência pois a carne seca nao tem identificação nenhuma pois o povo realmente corre o risco de ta comendo qualquer carne de algum Animal qualquer, essas carnes deveria ter mais fiscalizacao,porque vejo muitas inrregularidades nas regiões que conheço da Bahia por ser criada no interior e saber realmente como e a comercialização de carne nojento,
» Responder